Elder Dias

Nesta quarta-feira, 20/5, quando os casos confirmados do novo coronavírus em Goiás ultrapassaram a marca de 2 mil, a capital Goiânia chegou a mais de mil registros.

E, até o começo desta semana, mesmo depois de mais de duas centenas de bairros já com ocorrências de covid-19, a região vizinha ao Campus Samambaia da Universidade Federal de Goiás (UFG) permanecia pouco atingida, com apenas dois casos no Residencial Alice Barbosa e um nas Chácaras Samambaia.

Infelizmente, nesta segunda-feira, 18/5, foi divulgado o primeiro caso no Setor São Judas Tadeu.

Dois dias depois, é a vez da confirmação de outro na região, desta vez na Vila Itatiaia.

Por política do governo estadual, só estão sendo feito testes em casos suspeitos de contaminação pelo novo coronavírus, Ou seja, alguém que tenha tido algum sintoma semelhante aos da covid-19.

No Brasil, por conta da baixa quantidade de testes, estima-se que o número real de casos seja de 10 a 15 vezes maior.

Exatamente por isso, o fato de ter “apenas” um caso registrado em seu bairro não significa muita coisa: o número de pessoas com a doença e que estejam sem sintomas (assintomáticos) pode ser bem maior.

Portanto, o melhor a fazer é se cuidar:

1) ficar em casa, conforme recomendam as autoridades sanitárias em todo o mundo;
2) lavar sempre as mãos;
3) se tiver mesmo de sair, sempre usar máscara e
4) conversar com as pessoas a uma distância mínima de dois metros.

Cuidando da sua própria saúde, podemos cuidar da saúde de nossos vizinhos e de toda a nossa comunidade.

* Crédito: ASM Digital (foto desta matéria)


O portal Estádio das Coisas apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa    #SeSairUseMáscara


COMENTÁRIOS




Elder Dias
Jornalista, servidor federal, ambientalista e esmeraldino por natureza. Buscando sempre aliar paciência de Jó com perseverança de Cafu.