As cores dos títulos dão o tom da respectiva notícia: verde (boa notícia), amarelo (neutra ou de alerta) ou vermelho (preocupante). Clique sobre o título para acessar o conteúdo na íntegra.

“Se eu estivesse em quase qualquer outro lugar do planeta, eu estaria morto. Eles teriam desligado o interruptor depois de 30 dias”, diz Stephen Cameron, deitado em seu leito de hospital. O piloto escocês de 42 anos passou 68 dias com um respirador, mais tempo do que qualquer paciente no Reino Unido. Mas isso não aconteceu na sua cidade natal de Motherwell, no Reino Unido, mas sim em Ho Chi Minh (antiga Saigon), no Vietnã — sem qualquer amigo ou familiar por perto. Cameron foi o último paciente de covid-19 em uma UTI no Vietnã. Ele ficou conhecido como o Paciente 91, o caso mais grave que os médicos do país enfrentaram.

OMS declara que é “muito pequeno” o risco de bichos de estimação transmitirem covid-19

Há um “risco muito pequeno” de que os animais de estimação possam infectar seus donos com o novo coronavírus, disse a cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Soumya Swaminathan em entrevista coletiva em Genebra. Felinos, furões e “até tigres” foram infectados com a doença. “Havia alguma preocupação sobre os animais domésticos se tornarem uma fonte de infecção, mas o risco é muito pequeno”, disse ela.

Ritmo de contágio caiu em 20 Estados e no DF no fim de junho, em relação a maio

Junho fechou com 21 unidades federativas registrando menor taxa de retransmissão do novo coronavírus do que terminaram maio. Os números fazem parte dos dados produzidos pelo projeto Covid-19 Analytics, feito em parceria pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e Fundação Getúlio Vargas (FGV). Para o cálculo, os pesquisadores consideram o Rt, que mede a taxa de retransmissão do vírus. Quando o Rt está abaixo de 1, a média de pessoas contaminadas por um infectado fica abaixo de uma, o que indica uma redução no ritmo da epidemia.

Estabilização dos casos no Brasil diz que não está tarde para frear pandemia, recomenda OMS

O diretor da OMS Michael Ryan apontou que, apesar de altíssimos, os números diários de novos casos da Covid-19 no Brasil se estabilizaram nos últimos dias, mas isso não representa que a situação tenha melhorado no país. “A estabilização [dos novos casos no Brasil] não significa que eles vão diminuir”, alertou Ryan. O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, também comentou a situação brasileira e deu como exemplo a Itália e Espanha. “O mundo inteiro estava realmente preocupado”, lembrou.

9 de 10 brasileiros infectados apresentam sintomas de covid-19, revela estudo da UFPel

Estudo da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) concluiu que, diferentemente do que se pensava a princípio, a covid-19 é assintomática só em uma fração pequena dos casos. Segundo Pedro Hallal, coordenador da pesquisa da UFPel, o levantamento permitiu concluir que uma fração considerável não chega a ter necessidades hospitalares, mas apresenta uma versão leve dos sintomas. “Se formos usar o termo assintomáticos, ou seja, sem sintomas, o contingente é só de 9%”, afirmou Hallal. Portanto, 91% dos entrevistados com resultados positivos haviam sentido algum sintoma da doença.

Tipo do Sars-CoV-2 predominante na Europa é mais facilmente transmissível que o original da China

Reabertura de bares no Rio tem muita aglomeração e quase nenhuma máscara nos rostos 

As ruas do Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro, ficaram lotadas na noite desta quinta-feira, 2/7, dia em que bares e restaurantes foram autorizados a reabrir suas portas ao público após três meses de paralisação devido à pandemia do novo coronavírus. Imagens que circulam nas redes sociais mostram pessoas aglomeradas, em desrespeito ao distanciamento social, e sem máscara. Segundo moradores, os estabelecimentos continuaram em funcionamento após as 23 horas, horário de fechamento estipulado pela prefeitura.


O portal Estádio das Coisas apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa    #SeSairUseMáscara


COMENTÁRIOS




Estádio das Coisas
A arena para todos os debates