As cores dos títulos dão o tom da respectiva notícia: verde (boa notícia), amarelo (neutra ou de alerta) ou vermelho (preocupante)

Empresa farmacêutica diz ter descoberto anticorpo que pode barrar o coronavírus

A Sorrento Therapeutics, empresa biofarmacêutica da Califórnia, afirma ter descoberto uma substância que poderia proteger o corpo humano do coronavírus e liberá-lo do sistema de uma pessoa em quatro dias. O anticorpo artificial STI-1499 poderia fornecer “100% de inibição” ao novo coronavírus. O tratamento estaria estar disponível vários meses antes de uma eventual vacina chegar ao mercado.

Europa já tem primeiro país a declarar o fim da pandemia: é a pequena Eslovênia

Com pouco mais de 2 milhões de habitantes, a Eslovênia – país situado na região que seria o norte da antiga Iugoslávia – declarou o controle da pandemia pouco mais de dois meses após registrar seu primeiro caso de covid. Com isso, as fronteiras serão reabertas, serviços não essenciais voltarão à ativa e cidadãos poderão deixar o isolamento social. O país do leste da Europa é o primeiro do continente a declarar o fim da epidemia.

Estudo aponta queda na curva de contágio da covid-19 na cidade do Rio com restrição de circulação

O Gabinete Científico da Prefeitura do Rio mostra que, pela primeira vez, houve queda na curva de contágio da covid-19 na população carioca. O resultado seria em função das medidas restritivas adotadas. O prefeito Marcelo Crivella disse que o afastamento social deve ser mantido por tempo indeterminado, afirmando que somente seguindo com as restrições será possível, o quanto antes, um efeito que permita afrouxá-las.

O presidente Jair Bolsonaro tem um líder latino-americano como aliado na defesa do uso da cloroquina como medicamento contra a covid-19: Nicolás Maduro, da Venezuela. O controverso presidente venezuelano publicou um elogio ao medicamento em uma rede social, sem levar em consideração evidências científicas para respaldá-lo. “Avançamos na produção do difosfato de cloroquina, fármaco eficiente para o tratamento contra o covid-19.”

Ministério da Saúde prepara liberação do uso de cloroquina para casos leves

Com a saída de Nelson Teich depois de menos de um mês no Ministério da Saúde,  prepara novo protocolo para o uso do medicamento hidroxicloroquina no tratamento da covid-19. Segundo nota divulgada nesta sexta-feira, 15/5, novas orientações de assistência aos pacientes estão sendo finalizadas. O objetivo é iniciar o tratamento antes do seu agravamento e necessidade de utilização de UTI. Dessa forma, o documento deverá abranger o atendimento aos casos leves.

A repercussão da saída de Nelson Teich, o 2º ministro da Saúde a deixar o cargo no meio da pandemia

Quando o Brasil chega a quase mil mortes por dia, nova crise por conta da aplicação da cloroquina foi o estopim da saída de mais um ministro da Saúde, nesta sexta-feira, 15/5. Autoridades, partidos políticos e entidades ligadas à saúde se manifestaram diante do anúncio da saída. Do antecessor de Teich, Luiz Henrique Mandetta, a entidades corporativas, veja como repercutiu a saída do ministro. Em nota, a pasta informou que ele pediu demissão.

Coronavírus é “alerta diante de ameaça de extinção”, mas as pessoas nem sabem disso’, afirma sociólogo

Consultor de governos e empresas em todo o mundo, Jeremy Rifkin se define como ativista em favor de uma transformação radical do sistema baseado nos combustíveis fósseis e passou décadas exigindo uma mudança da sociedade industrial para mais modelos sustentáveis. Leia a entrevista do sociólogo estadunidense que escreveu mais de 20 livros dedicados a propor fórmulas que garantam a sobrevivência humana no planeta, em equilíbrio com o meio ambiente e também com a própria espécie.


O portal Estádio das Coisas apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa    #SeSairUseMáscara


COMENTÁRIOS




Estádio das Coisas
A arena para todos os debates