As cores dos títulos dão o tom da respectiva notícia: verde (boa notícia), amarelo (neutra ou de alerta) ou vermelho (preocupante)

Universidades federais conduzem mais de 800 pesquisas sobre coronavírus no Brasil

As universidades federais estão conduzindo pelo menos 823 pesquisas relacionadas ao novo coronavírus no Brasil. Mais: há 96 ações de produção de álcool e produtos sanitizantes e 104 ações de produção de equipamentos de proteção individual, como protetores faciais, máscaras de pano e aventais. O balanço envolveu 46 das 67 instituições federais e foi divulgado nesta segunda-feira, 11/5, pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), por meio de videoconferência.

USP e Marinha produzem respirador que pode ser fabricado em 2 horas e de custo muito baixo

A Universidade de São Paulo (USP) se juntou à Marinha do Brasil para produzir ventiladores pulmonares. Batizado como Inspire, o respirador tem custo 15 vezes mais barato do que a média de preços no mercado e pode ficar pronto em menos de duas horas. Testes de produção para o primeiro lote serão iniciados nos próximos ias” e devem ser distribuídos em até duas semanas. A expectativa é que de 25 a 50 respiradores sejam produzidos por diariamente.

Isolamento social pode salvar 15 mil vidas de brasileiros nas próximas duas semanas

O que tem salvado o Brasil de uma tragédia ainda maior do que mais de 11 mil mortes até o momento é o isolamento de milhões que estão respeitando a quarentena. Pesquisadores da Unicamp calcularam que a transmissão estava em 1,59. Antes das medidas de isolamento social, a taxa era de 2,15, ou seja, cada infectado passava o vírus para mais de duas pessoas. Com esses dados, os pesquisadores estimaram que, mantido o índice, 15 mil vidas serão salvas nos próximos 15 dias.

Referência da medicina brasileira, cirurgiã Angelita Gama supera a covid-19 após 54 dias internada

A cirurgiã Angelita Habr-Gama teve alta após passar 54 dias internada e 50 destes na UTI do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo, unidade da qual ela integra o corpo clínico desde 1960. Aos 87 anos, Angelita deu entrada na unidade hospitalar no dia 18 de março, para o tratamento da covid-19. Em nota, o hospital informou que a paciente tem significado especial para todos os profissionais da instituição.

Ministério da Saúde divulga diretrizes com pontuação para monitorar níveis de medidas de isolamento

O ministro da Saúde, Nelson Teich, divulgou nesta segunda-feira, 11/5, as diretrizes para orientar Estados e municípios em decisões sobre medidas de isolamento social contra o novo coronavírus. Ele ressaltou que o seguimento não é obrigatório. Segundo Teich, a ferramenta estará disponível a partir de quarta-feira, 13/5. No mesmo dia, o ministério vai apresentar detalhes das diretrizes. Um dos pontos que o ministro disse que será esclarecido futuramente é qual a indicação de distanciamento em cada nível de risco.

Covid-19 já tinha causado morte no Brasil um mês antes do registro do primeiro caso, revela estudo

Um mês antes da data do primeiro caso, o coronavírus já causava doença e morte no Brasil no fim de janeiro: a primeira morte por covid-19 no Brasil ocorreu, de fato, no Rio de Janeiro, entre 19 e 25 de janeiro. Outra informação: a transmissão comunitária já estava em curso em São Paulo em 4 de fevereiro, muito antes de 13 de março, data dos registros oficiais. Os dados sobre a transmissão prévia da covid-19 no Brasil são de um estudo liderado pelo Instituto Oswaldo Cruz.

No Dia Mundial da Enfermagem, o Brasil se aproxima de 100 vítimas de covid-19 entre profissionais da área

Na data de nascimento de Florence Nightingale, considerada fundadora da enfermagem moderna, por ter sido pioneira na utilização do modelo biomédico, o País já tem quase cem mortes entre profissionais de enfermagem por conta de contaminação pelo novo coronavírus. Em todo o território nacional, são inúmeras as queixas e denúncias de falta de equipamentos essenciais e básicos, como máscaras, aventais e luvas, além de uma sobrecarga cada vez maior de trabalho, fatores que multiplicam o risco de contágio.

Amazonas entra em luto de 3 dias após ultrapassar marca trágica de mil mortes por covid-19

O governador do Amazonas, Wilson Lima, decretou luto de três dias pelas mais de mil pessoas que morreram com o novo coronavírus no Estado, que tem mais de 12 mil casos confirmados de covid-19. Dados apontam que a doença está se espalhando para o interior, que reúne cerca de 43% do total de infectados, em quase 90% dos municípios. O governador se reunirá com representantes de demais poderes e órgãos de controle, nesta terça-feira, 12/5, para definir medidas mais rígidas de isolamento social.


O portal Estádio das Coisas apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa    #SeSairUseMáscara


COMENTÁRIOS




Estádio das Coisas
A arena para todos os debates