Elder Dias

Este texto abaixo estava pronto no momento em que saiu a notícia dos dez testes positivos para covid-19 entre os jogadores convocados para a partida contra o São Paulo.

É a realidade que vivemos em nosso País na atualidade: incertezas o tempo todo.

Esmeraldino, esqueça o que ficou pra trás: os erros, os acertos, as dúvidas e também as certezas.

Mesmo assim, envio o texto prévio com apreensão e indignação por ver tanta incompetência e desrespeito diante de uma situação tão séria. Abraço verde!

*****

Tudo começa agora. O ano do Verdão terá início quando o árbitro Caio Max Augusto Vieira soar o apito no Estádio Hailé Pinheiro.

É bom? É ruim? Só vendo para saber. O Goiás já surpreendeu seus torcedores tanto positiva como negativamente em começos de Brasileirões, em relação ao desempenho que havia tido no Estadual que se encerrava.

Agora não há Estadual como referência. A última partida oficial da equipe foi há quase cinco meses, contra a Aparecidense, no dia 15 de março.

(continua após a publicidade)

Os três amistosos da retomada, contra Capital (vitória por 1 a 0), Brasiliense (goleada por 5 a 1) e Cuiabá (derrota por 2 a 0), mais confundem do que dão pistas. Simples: se nem o Goianão vaticinaria um prognóstico para a Série A, o que diremos de jogos-treino?

Em meio a tudo isso, porém, há um fato: o adversário de logo mais, às 16 horas, vem muito mais acelerado.

Como o Campeonato Paulista, sem dúvida o de melhor nível entre os Estaduais, teve seu retorno e o São Paulo cumpriu seu papel, mesmo que com a surpresa Mirassol, o time já se encontra em ritmo de competição.

Não dá para dizer que o Verdão vai pagar o pato de um vexame do adversário em outro assunto. Mas não dá para negar que, se for para apontar um favorito, este é a equipe visitante.

Porém, ah porém!, treino é treino, jogo é jogo e futebol é uma caixinha de surpresas, para misturar mestre Didi com Neném Prancha. Joguemos!

(continua após a publicidade)

LINCOLNEANAS

 * * * * *  Neste início de Brasileirão, está no ar, no portal do Globo Esporte, um especial sobre os hinos dos clubes da Série A. Como jornalista convidado, fiz uma pequena participação falando do Goiás, sobre as curiosidades do nosso. Para acessar o episódio de hoje (o último de três) clique aqui.

 * * * * *  Covid-19 não é brincadeira. Não era hora de o futebol recomeçar por aqui. Mas, já que vai ser assim, que o episódio deste domingo com o Goiás seja o último tropeço na condução dessa pandemia no meio do esporte.


COMENTÁRIOS




Elder Dias
Jornalista, servidor federal, ambientalista e esmeraldino por natureza. Buscando sempre aliar paciência de Jó com perseverança de Cafu.