Veja como pontuar ações que, sem qualquer estresse, vão fazer muita diferença em seu dia a dia e melhorar sua qualidade de vida!

Relógio espiral 300x187 - Teste da rotina nota 1000: avalie dez ações e confira se você está bem“Todo dia ela faz tudo sempre igual” é o primeiro verso de uma música antiga e famosa de Chico Buarque. A canção Cotidiano foi lançada em 1971, no álbum Construção e conta um dia de rotina de um casal de uma forma lírica. A letra é interessantíssima —como quase tudo que o Chico faz.

Mas a questão não é o cotidiano do casal da música, mas o seu. Você faz algo para sua rotina trabalhar em seu favor, desde o levantar até o deitar? Abaixo, dez ações que fazem muita diferença para que você viva o dia a dia sem estresses. Qual delas você pratica? Para cada coisa, há uma pontuação. Se você fizer, some esses pontos (se não, passe a fazer!). Veja o resultado ao fim do texto!

1) Ao acordar, mentalize o que pretende fazer

Para potencializar seu desempenho, grandes empresários, palestrantes, atletas e artistas já revelaram ter o costume de imaginar como será seu dia: como será o jogo, a corrida, a apresentação, a reunião. Por que não fazer o mesmo com seu período no jornal, na loja, na faculdade, nos estudos em casa? Se você tem essa prática, ganhe 100 pontos.

2) Estabeleça algo diferente para o dia

Por mais que esteja imerso na rotina, é possível achar um tempinho que seja para reinventá-la. Isso pode ser desde uma mudança na rota do trabalho (se tem uma folga no horário, por que não ir pelo caminho mais agradável, em vez do mais rápido?) a uma pausa para um café com um amigo com que não conversa há muito tempo. Se você tem essa prática, ganhe 100 pontos.

3) Escute música e/ou leia um livro

Lendo um livro no ônibus 200x300 - Teste da rotina nota 1000: avalie dez ações e confira se você está bemNos deslocamentos de casa para o trabalho ou a faculdade ou vice-versa, ponha para rolar uma música legal no carro ou no fone. Se estiver no ônibus ou no metrô, acrescente a isso a leitura de um livro. Se você tem essa prática, ganhe 100 pontos.

4) Previna irritações

Fique atento aos “fatores de risco” que podem azedar seu dia: ao menor indício de uma irritação desnecessária, invente uma desculpa (nem que seja para si mesmo) e se isole do perigo. Se você tem essa prática, ganhe 150 pontos.

5) Faça uma avaliação do andamento do dia

A hora do almoço é ideal para se perguntar isto: como sua jornada está transcorrendo? Conseguiu evoluir no trabalho? O que você fez foi proveitoso? Se não, como melhorar no restante do dia? Esse “pit stop” é essencial para fazer a sintonia fina necessária – dê um jeito para ter esse momento. Se você tem essa prática, ganhe 50 pontos.

6) Faça-se útil para alguém de alguma forma

Sair da preocupação consigo mesmo e se dedicar a outra pessoa, nem que seja por alguns minutos, pode melhorar ainda mais o dia. Ouvir um desabafo, dar uma informação, enfim, fazer algo que não seria de sua competência pelo simples prazer de ajudar é reconfortante. Gentileza gera gentileza, mas também uma interessante espécie de autogratidão. Se você tem essa prática, ganhe 100 pontos.

7) Exercite a paciência

Utilize os fatores potenciais de frustração em seu favor. Se o trânsito está complicado, se alguém aparece irritado, se a fila está grande, tudo isso são coisas que você não pode controlar. Usar a paciência e a tolerância quando situações desagradáveis são também inevitáveis é a chave para ganhar força mental. Se você tem essa prática, ganhe 150 pontos.

8) Suba escadas!

Subindo escadas 450x300 - Teste da rotina nota 1000: avalie dez ações e confira se você está bemEssa é para quem trabalha ou mora em edifícios: muita gente se queixa de não ter tempo para fazer exercícios, mas pega o elevador todo dia para chegar ao trabalho ou voltar dele. Por que não usar a escada? “Ah, mas eu não consigo subir até lá, são muitos andares!”. Ora, não custa nada subir o que conseguir e depois tomar o elevador, não é? Será estimulante ver, a cada semana, sua superação da quantidade de andares escalados. Caso você não more ou trabalhe em prédios, pode experimentar caminhar algumas quadras a mais nos trajetos que faz. Se você tem essa prática, ganhe 100 pontos.

9) Troque programas sensacionalistas por um pouco de conversa

Chegou em casa, ligou a TV e… está passando um programa de fofocas ou um apresentador mostra um acidente ao vivo. O que isso influenciará em sua vida? Não seria muito melhor desligar a TV e conversar com um familiar ou um amigo, presencialmente ou por telefone? Guarde a televisão para se divertir – ou se informar de verdade. Se você tem essa prática, ganhe 50 pontos.

10) Avalie o dia em retrospectiva

Parafraseando Renato Russo, todo dia, antes de dormir, lembre-se e se esqueça de como foi o dia. Recorde o que houve de bom e de ruim, tire lições e deixe para lá o que não foi legal. Aprender a não guardar rancores ou dissabores é uma regra de ouro para relaxar, repousar e acordar bem disposto. Se você tem essa prática, ganhe 100 pontos.

Como você se saiu? Confira sua pontuação!

De 0 a 300 pontos: você não pratica, mas já sabe o que pode fazer para melhorar sua rotina. O principal, para o momento, é não desanimar. Tente ir encaixando cada item e melhorando sua pontuação.

De 350 a 500 pontos: você está no caminho de um dia a dia com qualidade de vida, ainda que tenha alguma dificuldade por agora. Que tal escolher, a cada semana, uma das demais coisas e encaixá-la na sua rotina?

De 550 a 750 pontos: muito bom! Embora haja algo ainda a fazer, você já tem passos importantes conquistados. Conserve-os e passe a inserir o que está faltando.

De 800 a 1000 pontos: parabéns! Você tem um grande entendimento e prática de ações essenciais para viver bem. Continue monitorando essa pequena tabela para não deixar o comodismo chegar perto!

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Estádio das Coisas
A arena para todos os debates