# Copa do Mundo da Rússia – 2018 – Dia 28 – Semifinais #

Acho esse um título e tanto, pois em tempos de Copa também existe algum amor e cólera, que foram as palavras alteradas e que dão título ao livro dele que mais gosto (não terminei “Cem Anos de Solidão” só pra dar assunto).

É que eu acho que Copa do Mundo, sobretudo a final, precisa de um quê de Macondo, um realismozinho fantástico qualquer, um paranauê pra equilibrar as coisas.

Salvador Dali post 404x300 - Rússia 2018, dia 28: Gabriel García Márquez nos tempos de Copa
Um pouco de fantasia no futebol | Montagem sobre o quadro “A Persistência da Memória”, de Salvador Dalí

Por exemplo, Gabo ficaria ali na entrada do túnel antes da final e faria alterações:

“De Jong, chega aqui, rapidinho! Dá uma segurada, filho, vai lá Falcão, você joga essa final!”

“Barthez, tudo bem, você de novo? Então, já jogou uma, ganhou, tá bom demais, né? Fica aí hoje, Preud’Homme, vem jogar!”

“Alemanha de 82, tá foda… então é o seguinte: tirando o Rummenigge e o Breitner, escolhe quatro entre vocês aí quem vão sair. No lugar, vai aqui o Laudrup, ou melhor, dois Laudrup, Boniek e o Leandro!”

“Evani… hoje não, filho, vai aqui o Bergkamp no seu lugar, pessoal vai adorar”.

“Ibra, Cristiano, vem cá os dois: vai ali no Villa e no Pedro, pede pra eles irem comprar dois maços de Carlton pra mim no chinês ali da esquina e ah, aproveita pro Capdevilla vir também, no lugar dele vai o… vai o Francescoli. Príncipe, quebra o galho na latera pra mim hoje?”

“Júnior Baiano não dá… Dario Pereyra, assume ali. Leonardo, tudo bem o Zico no seu lugar hoje, querido? Faz esse favor?”

E seria isso.

Mandzukic 300x188 - Rússia 2018, dia 28: Gabriel García Márquez nos tempos de Copa
Mandzukic grita de emoção após fazer o gol e o time derrubar o fotógrafo | Yuri Cortez/AFP

Porque num determinado momento do jogo de hoje, a gente teria de lidar com a possibilidade de Lingard e Sterling jogarem uma final de Copa do Mundo! Isso alteraria a órbita da Terra mais que o Super-Homem dando volta no planeta pra salvar a namorada! E eu sei que têm uns ruins de bola na Croácia também, mas eles ficam escondidos. Sterling e Lingard, por alguma razão inexplicável, jogam nos times de Manchester, é uma ruindade exposta todo final de semana!

E não se trata da Croácia ter um timaço, mas tem um TIME. E sobreviveu a três prorrogações, o que vai custar caro no domingo, quando vão participar da festa do bicampeonato mundial da França, mas algo me diz que mesmo assim, vão vender caro a derrota!

E o time segue sentindo muito a falta da zaga da Argentina e das estultices táticas do Sampaoli, o time joga muito abaixo do que pode quando não conta com isso!

A Croácia fez o primeiro gol ganhando da Inglaterra no jogo aéreo, mas perumpoquinho: ganhando com o pé do zagueiro inglês, que foi de cabeça! Ali, foi gol de quem até outro dia tava torcendo pra voltar da escola sem ser morto por algum sérvio e agora sabe que não vai ser fácil lhes tirar o direito de disputar uma final de Copa do Mundo!

E a Inglaterra? A Inglaterra confirma tudo o que eu digo sobre ser o Atlético Mineiro das Copas do Mundo, mais uma vez!

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Randall Neto
Randall tem 45 anos, é brasileiro sem orgulho nem preconceito, com algum amor, sim senhor. Tem dois filhos, torce pela Argentina e ainda acha que dá pra empatar o jogo contra a Itália de 82. Escreve sobre Copas do Mundo desde 2002.