No último dia 12, quando ainda estava internado no Hospital Albert Einstein, por pelo menos três vezes o presidente Jair Bolsonaro (PSL) conversou, via WhatsApp, com o agora ex-secretário-geral da Presidência Gustavo Bebianno.

Até o momento não havia nenhuma comprovação de algum diálogo entre os dois, motivo que levou o filho do presidente Carlos Bolsonaro, vereador do Rio pelo PSL, a chamar Bebianno de “mentiroso” – versão que acabou sendo endossada pelo presidente, em entrevista ao jornalismo do SBT.

Pelos áudios, Bolsonaro discutiu dois assuntos com Bebianno: a visita de Paulo Tonet Camargo – vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Globo – ao Palácio do Planalto, algo que o presidente desautorizou; e uma visita dos ministros Ricardo Salles (Meio Ambiente) e Damares Alves (Direitos Humanos) à Amazônia, também rechaçada pelo então paciente do Albert Einstein.

Confira os áudios, obtidos pela revista Veja e republicados pelo site O Antagonista.

(Foto: Fátima Meira | Futura Press)

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Estádio das Coisas
A arena para todos os debates