O Verdão não tem hoje nenhum esquadrão que um dia venha a ser memorável. Mas quem tem timaço nesta Série B?

Marcos; Alex Silva, David Duarte, Victor Ramos e Ernandes; Gilberto, Giovanni e Renato Cajá; Felipe Garcia, Lucão e Michael.

Com essa escalação, Ney Franco mantém praticamente o mesmo time da vitória inquestionável sobre o CSA para a partida desta sexta-feira, às 21h30, contra o Figueirense, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. A única mudança é a natural volta de Gilberto no lugar de João Afonso.

Goiás treino em SC - Pré-jogo Figueirense x Goiás: por que confiar no conjunto do seu time
No CT do Avaí, Goiás faz já em Florianópolis último treino antes do jogo contra o Figueirense | Rodrigo Polidoro/ Mix Mídia

Não é nenhum esquadrão memorável, claro. Mas quem tem timaço nesta Série B?

Por isso, volto a dizer: do que temos neste campeonato, o Goiás possui com certeza um dos melhores elencos e está com um dos melhores conjuntos.

E podem perguntar então: mas qual a diferença entre elenco conjunto?

Parece óbvio, mas elenco é a relação dos jogadores disponíveis para um time; conjunto é a relação harmoniosa desses mesmos jogadores em campo em prol do time.

O melhor conjunto que o Goiás teve nesta década foi o do segundo semestre de 2012. Aquele time de Série B puxado por Ricardo Goulart, Walter, Egídio e Iarley, nesta ordem poderia com tranquilidade disputar uma vaga na Libertadores do mesmo ano – a prova é que, mesmo só com Walter desses quatro acima, a equipe quase chegou lá.

E o que esperar do Figueirense? Nosso adversário é uma incógnita nos últimos tempos: nos dez últimos jogos venceu três, empatou quatro e perdeu outros três. Altamente irregular. E um dado interessante: tem menos pontos em casa (14) do que fora (16).

Em suma: nenhum resultado será surpresa em Floripa. O Goiás tem time para ganhar, está num momento melhor e, ainda que um empate seja o mais provável, se fosse para apontar um vencedor, eu apostaria numa vitória esmeraldina, por todo o quadro já destacado acima (Verdão com time completo, adversário instável e sem muita força em casa).

Em tempo: uma derrota não será nenhum desastre. Percalços assim são normais nesse tipo de competição. O Goiás continuará sendo um dos favoritos a subir e deverá ter se firmado inteiramente dentro do G-4 ao fim da 5ª rodada do returno, ou seja, depois dos próximos quatro jogos.

LINCOLNEANAS

 * * * * *  Alguns podem questionar a presença de Felipe Garcia no time e a ausência de seu xará Gedoz, que continuará no banco. Claro que este é muito mais talentoso que aquele, mas taticamente o Goiás tem funcionado melhor com três homens de frente. E, em termos de momento físico e técnico, o cabeludo está aquém de Renato Cajá e Giovanni.

 * * * * *  Muito bom ver a torcida, por meio da Força Jovem Goiás, levar um ônibus lotado para Florianópolis. O esmeraldino precisa voltar a se mostrar nos estádios de todo o País.

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Elder Dias
Jornalista, servidor federal, ambientalista e esmeraldino por natureza. Buscando sempre aliar paciência de Jó com perseverança de Cafu.