“As cores dos títulos dão o tom da respectiva notícia: verde (boa notícia), amarelo (neutra ou de alerta) ou vermelho (preocupante). Clique sobre o título para acessar o conteúdo na íntegra.

Depois de três meses e meio de confinamento, o Museu do Louvre, em Paris, o mais visitado do mundo, reabriu nesta segunda-feira, 6/7. Mas, com o colapso no turismo por conta da pandemia, o fluxo foi pequeno e, sobretudo, de visitantes locais. O presidente-diretor do museu, Jean-Luc Martinez, ressaltou o desafio de compensar a baixa ausência de turistas estrangeiros e disse acreditar que a instituição atravessará três anos de menor visitação.

Nasa inventa dispositivo que impede pessoa de tocar o próprio rosto

Entre máscaras, higiene das mãos, distanciamento social e o isolamento das quarentenas, um hábito se revelou mais recorrente do que jamais pudemos imaginar: nossa mania de levar as mãos ao rosto e de tocar nossos olhos, narinas e bocas. Para ajudar a evitar esse hábito, que pode trazer o vírus para dentro de nossos corpos, a Nasa desenvolveu uma nova tecnologia que denuncia esse hábito, muitas vezes inconsciente, mas efetivamente perigoso em tempos de pandemia.

Pesquisadores da UFMG tentam produzir vacina dupla para proteger contra tuberculose e covid-29

Além das pesquisas avançadas envolvendo indústrias estrangeiras para desenvolvimento de imunização contra o novo coronavírus, há estudos 100% brasileiros em curso. É o caso do trabalho conduzido por pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que estão desenvolvendo estudos para a criação de uma fórmula utilizando como base a vacina BCG, que protege contra a tuberculose.

Bares, restaurantes e salões de beleza paulistanos reabrem depois de mais de 100 dias

Com restrições, a cidade de São Paulo reabre nesta segunda-feira seus bares, restaurantes e salões de beleza, após 104 dias fechados para atendimento aos clientes por conta da quarentena. A capital foi classificada na fase amarela do plano estadual de flexibilização gradual da economia, que autoriza a reabertura destes setores. Pelo decreto publicado, bares e restaurantes podem funcionar por 6 horas diárias.

“Live” de jornalista com médicos provoca ilusão de prevenção e cura com kit de medicamentos

Grupo de cientistas pressionam OMS para admitir risco real de contaminação pelo ar

Cerca de 240 especialistas de 32 países assinaram uma carta aberta e que será veiculada na revista americana Clinical Infectious Diseases, afirmando que há evidências de que o novo coronavírus, mesmo em partículas menores, está no ar e pode infectar as pessoas. Eles pedem que a Organização Mundial da Saúde (OMS) revise as recomendações sobre contaminação, segundo publicação no jornal The New York Times deste sábado, 4/7.


O portal Estádio das Coisas apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa    #SeSairUseMáscara


COMENTÁRIOS




Estádio das Coisas
A arena para todos os debates