Nota: a partir deste clipping, vamos colocar a nota considerada mais importante em destaque na posição superior, independentemente de cor – vermelha (preocupante), laranja (neutra ou alerta) ou verde (boa notícia). 

Perspectivas: como será a vida e a economia até o mundo ter uma solução para a covid-19?

Esta é certamente a nota mais valiosa para quem quiser se aprofundar na suposta (e inexistente) oposição isolamento versus economia. O doutor em Microbiologia Atila Iamarino, que tem prestado valiosos esclarecimentos sobre a pandemia do novo coronavírus pelas redes sociais, convidou a doutora em Crises Financeiras Monica De Bolle para um bate-papo no YouTube sobre perspectivas sobre a vida em sociedade nos próximos anos. Vale a pena aproveitar uma hora de seu sábado para assistir e se informar.

Coronavírus nos EUA fizeram um “11 de Setembro e meio” de vítimas em somente 24 horas

Os ataques ordenados por Osama bin Laden em 2001 causaram um total de 2.996 mortes. De quarta para quinta-feira, em 24 horas, o novo coronavírus conseguiu produzir um estrago 50% mais trágico: a contagem em tempo real da Universidade Johns Hopkins registrou 4.491 óbitos pela covid-19 no país. Ao todo, já são 33 mil mortes. Mas Donald Trump insiste em querer começar a reabertura do país imediatamente.

Técnica de enfermagem da linha de frente morre após não poder ser internada no hospital onde trabalhava

Ela tinha 63 anos e era técnica de enfermagem no Hospital Ronaldo Gazolla, na zona norte do Rio. Ficou doente. Era covid. Não conseguiu leito disponível na própria unidade de saúde onde trabalhava. Foi internada em Volta Redonda, a 126 quilômetros da capital. Na quinta-feira, 16/4, Anita de Souza Viana, que trabalhava para salvar vidas do novo coronavírus, não resistiu à violência da enfermidade.

‘Remédio secreto’ do Ministério da Ciência e Tecnologia é mais tóxico e ineficaz que cloroquina

Apontada pelo Ministério da Ciência e Tecnologia como o “remédio secreto com eficácia de 94% contra o coronavírus”, a nitazoxanina – princípio ativo do vermífugo Annita –, se mostrou menos eficaz e mais tóxica que outras drogas, como a cloroquina, em estudos realizados na China. A substância passou a ser um dos medicamentos estudados pelo governo federal para combater o novo coronavírus após sucesso em testes in vitro.

64% dos brasileiros acham que Bolsonaro “agiu mal” ao demitir Mandetta, revela pesquisa

A demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em meio à subida da curva de casos e mortes pela covid-19 no Brasil foi reprovada por 64% dos entrevistados em pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (17/4). De positivo para o presidente da República, o levantamento mostra que sua perda de popularidade ficou estabilizada e 52% dos ouvidos acreditam que ele tem condições de continuar liderando o País.

USP está desenvolvendo testes para acelerar exames de coronavírus

Pesquisadores no Estado de São Paulo estão viabilizando testes rápidos e baratos para ampliar a capacidade de diagnosticar a covid-19. As iniciativas se valem de diferentes estratégias para detectar o vírus ou os anticorpos gerados pelo organismo para combatê-lo. O objetivo é identificar com precisão quem está infectado e também aqueles que já tiveram a doença, mesmo que de forma assintomática, e que, em teoria, estariam imunizados.

Alemanha declara que conseguiu colocar a pandemia de covid-19 “sob controle”

O Ministério de Saúde da Alemanha anunciou que a pandemia da covid-19 está atualmente “sob controle” no país e que o número de contágios diminuiu consideravelmente. O ministro Jens Spahn disse que a doença foi do “crescimento dinâmico [do número de contágios] para o linear, já que a taxa de infecção caiu”. Mais de 1,7 milhão de alemães já foram testados até o momento.

Em teste nos EUA, remédio recupera pacientes contagiados com coronavírus

O medicamento remdesivir foi, usado contra o ebola e está entre os mais estudados para combater também os sintomas causados pelo novo coronavírus – semelhante ao que vem ocorrendo com a cloroquina. Nesta semana, um estudo feito da Universidade de Chicago e que foi divulgado pelo site médico Stat indicou que o remdesivir acelera a recuperação de pacientes que desenvolveram a covid-19. Pessoas que participaram do estudo chegaram a ser liberadas do hospital em menos de uma semana.


COMENTÁRIOS




Estádio das Coisas
A arena para todos os debates