As cores dos títulos dão o tom da respectiva notícia: verde (boa notícia), amarelo (neutra ou de alerta) ou vermelho (preocupante). Clique sobre o título para acessar o conteúdo na íntegra.

Alfons Leempoels, um médico belga de 103 anos, está caminhando uma maratona em seu quintal em etapas diárias para arrecadar dinheiro para uma pesquisa sobre o novo coronavírus. Ele se inspirou em Tom Moore, um também centenário, mas inglês, que se tornou um herói no Reino Unido ao percorrer quilômetros com seu andador em uma jornada beneficente, arrecadando dezenas de milhões de libras. “Minha neta tinha acabado de correr uma maratona então eu brinquei: eu vou correr uma maratona”, explicou Leempoels. A Bélgica tem uma das mais altas taxas de mortalidade pela covid-19 no mundo.

Manaus segue para ser a 1ª grande cidade brasileira a entrar na fase final da pandemia, diz estudo

Após ter sido a primeira cidade a assustar o País por conta do número de mortes, Manaus deverá também iniciar a fase final da pandemia em território nacional. A previsão é do Centro de Ciências do Ambiente da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), que, em seu boletim do projeto Atlas ODS Amazonas, diz que a transição para uma última fase da pandemia está acontecendo mais cedo na capital do Estado do que em outros epicentros do Brasil. Os dados projetam uma redução drástica na velocidade de mortes na cidade, após sua população passar por uma contaminação maciça pelo novo coronavírus.

Um novo tipo de teste para identificar o Sars-CoV-2 pode ajudar a aumentar a capacidade de exames realizados no Brasil por ter uma coleta mais simples da amostra, além de garantir mais segurança aos profissionais da saúde. O método, chamado de RT-LAMP (amplificação isotérmica mediada por loop de transcrição reversa, na sigla em inglês) foi lançado recentemente pelo laboratório brasileiro Mendelics em parceria com o Hospital Sírio-Libanês.

10 características do que deverá ser o perfil do consumidor depois que o coronavírus passar

O novo consumidor da era pós-pandemia deverá ser menos materialista, mais autônomo e cuidadoso com a saúde. Essas são algumas características apontadas por um estudo da agência de publicidade Lew’Lara/TBWA. Após o período de quarentena imposto pela covid-19, é esperado ainda um fortalecimento de compras por canais digitais, além de uma ênfase por marcas mais acessíveis, já que a crise trará sequelas econômicas de proporções ainda indefinidas.

Índia “imita” Brasil e começa a relaxar isolamento ainda com curva de subida de casos e mortes

Com uma população de 1,3 bilhão e cidades densamente povoadas, a Índia teve a difícil missão de promover o isolamento – as autoridades sabiam que o alastramento da doença poderia tomar uma dimensão catastrófica. Mais de dois meses, 280 mil casos e 8 mil mortes depois, o país começou a aliviar o confinamento, a despeito dos recentes recordes diários de diagnósticos positivos e da escassez de leitos. Entretanto, são vários os alertas de que os números de casos e mortes estão subnotificados.

Situação da covid-19 no Brasil é “preocupação crescente”, afirma diretor da OMS

Atual epicentro da covid-19 no mundo, o Brasil é uma preocupação crescente, afirmou o chefe do programa de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Mike Ryan. Segundo ele, o sistema de saúde do Brasil “ainda está suportando”, embora em alguns hospitais as UTIs estejam em estágio crítico e sob forte pressão, com mais de 90% de taxas de ocupação do sistema de cuidado intensivo.

Cem dias de pandemia e o governo federal não gastou nem 1/3 do previsto para socorrer economia

Em meio à pandemia, o plano era evitar que pessoas passassem necessidade e que empresas fechassem as portas. Para tanto, era preciso o dinheiro chegar rápido a trabalhadores informais e famílias em situação de vulnerabilidade, mas o governo não conseguiu. De R$ 152 bilhões destinados ao auxílio emergencial, só metade chegou à conta dos beneficiários e 48 milhões deles não receberam nem a primeira parcela. Eram R$ 3 bilhões para ampliar o programa Bolsa Família, mas menos de R$ 260 milhões foram pagos até agora. Governo também não cumpriu parte no pagamento de sua parte no programa de manutenção de empregos, com suspensão de contrato por dois meses pelas empresas.


O portal Estádio das Coisas apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa    #SeSairUseMáscara


COMENTÁRIOS




Estádio das Coisas
A arena para todos os debates