As cores dos títulos dão o tom da respectiva notícia: verde (boa notícia), amarelo (neutra ou de alerta) ou vermelho (preocupante). Clique sobre o título para acessar o conteúdo na íntegra.

Artista filipino desempregado produz máscaras divertidas e aterrorizantes para garantir renda

Com o mundo inteiro em busca de se proteger com máscaras, um artista está fazendo sucesso, apesar de desempregado. Rene Abelardo, de 50 anos, é um técnico em efeitos especiais na indústria de TV e cinema nas Filipinas, interrompida em março pela pandemia. Desde então, ele tenta manter sua renda com a confecção de máscaras especiais, com estética de filmes de terror – e tem descoberto que há demanda para o que ele tem criado por necessidade e também por diversão.

Maranhense teve 92% de comprometimento dos pulmões mas venceu a covid-19

Após ficar internada durante um mês e 22 dias, a paciente Celma Rodrigues, de 61 anos, ganhou uma nova vida depois de receber alta. Ela se junta aos mais de 40 mil recuperados do coronavírus no Maranhão. Quando Celma Rodrigues deu entrada no Hospital Dr. Genésio Rêgo, sua saturação de oxigênio alternava entre 60 e 70%, sendo que a capacidade dos pulmões estava com 92% de comprometimento. Ao todo, foram 31 dias internada em leito de UTI e outros 21 dias na enfermaria.

Isolamento social é mais facilmente superado com a adoção de hábitos saudáveis

Os impactos da pandemia na saúde mental podem ser sentido por crianças, adultos e idosos e é importante ficar atento para que eles não se agravem. Quem faz tratamento para depressão, ansiedade ou outra questão não deve interromper o tratamento nem alterar as doses dos medicamentos sem conversar com o profissional que o acompanha. Para amenizar a situação, mantenha contato com as pessoas que ama, tenha hábitos saudáveis e pratique o autocuidado. É fundamental dar atenção para as suas necessidades e fazer atividades agradáveis neste período.

No rumo contrário dos demais, 30 países devem crescer por conta da pandemia

O inverno teve início no Hemisfério Sul e, com isso, aumentam as incertezas sobre o novo coronavírus para a população com problemas respiratórios. Segundo o pneumologista Roberto Stirbulov, é preciso manter os cuidados de higiene adotados durante a pandemia para evitar a propagação da doença na época mais fria. “É uma situação preocupante porque nesse momento outras doenças respiratórias começam a se manifestar. Outras viroses, pneumonia, e portadores de asma começam a piorar. Então tem uma subjunção dessas doenças e covid”, explicou.

Pelo menos 130 mil pessoas a mais morreram no mundo por causa do novo coronavírus, além das mortes contabilizadas oficialmente, de acordo com levantamento feito pela BBC. Uma revisão dos dados preliminares de mortalidade em 27 países aponta que em muitos lugares o número de mortes em excesso durante a pandemia foi muito maior do que o normal, mesmo quando o coronavírus entra na conta. As chamadas “mortes em excesso”, que são as mortes acima da média histórica, sugerem que impacto humano da pandemia vai além dos dados oficiais divulgados por governantes pelo mundo.

Após flexibilização, Venezuela volta a endurecer medidas para combater aumento de casos

Os venezuelanos vão viver uma nova fase da pandemia. A partir desta segunda-feira, 22/6, as medidas sanitárias serão endurecidas. Como resposta à forte progressão dos casos de coronavírus nos últimos dias, as autoridades decidiram fechar o metrô de Caracas e o acesso ao sistema ferroviário e às principais estradas também será limitado. Desde 1° de junho, como em várias partes do mundo, a Venezuela vinha flexibilizando as medidas restritivas que haviam sido impostas para tentar conter o avanço da Covid-19.


O portal Estádio das Coisas apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa    #SeSairUseMáscara


COMENTÁRIOS




Estádio das Coisas
A arena para todos os debates