A semana mais atípica para Goiás na pandemia de coronavírus termina com o avanço da barreira de duas centenas de vítimas, segundo apontava o portal Covid-19 da Secretaria de Estado da Saúde (SES) no começo deste sábado, 13/6.

Ao todo, são agora 208 óbitos registrados em municípios goianos – 12 nas últimas 24 horas -, além de 35 sob investigação.

Goiânia contabiliza 87 dessas ocorrências confirmadas, o que equivale a 42,23% do total de vítimas – um porcentual que vem decrescendo, sinal de que a pandemia avança para o interior.

O número de casos confirmados em Goiás (7.940) está perto de romper os 8 mil, o que significa que os registros dobraram em 11 dias – a barreira dos 4 mil casos foi rompida em 2/6.

O dado mais chocante é que ainda não estão totalmente inseridos na conta os mais de 1,5 mil casos de Rio Verde, onde houve uma força-tarefa de testagem junto aos trabalhadores das grandes empresas do município.

O caso da cidade, que causou espanto pela quantidade de resultados positivos para o novo coronavírus, nada mais é do que uma prova do quão grande é a subnotificação. Estima-se que o número de pessoas que já tiveram contato com o Sars-CoV-2 seja até dez vezes maior do que os registros oficiais.

Em um dos índices mais importantes para os epidemiologistas, a taxa de isolamento social, Goiás se destaca negativamente, sempre em uma das três últimas posições do ranking dos Estados.


O portal Estádio das Coisas apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa    #SeSairUseMáscara


COMENTÁRIOS




Estádio das Coisas
A arena para todos os debates