As cores dos títulos dão o tom da respectiva notícia: verde (boa notícia), amarelo (neutra ou de alerta) ou vermelho (preocupante). Clique sobre o título para acessar o conteúdo na íntegra.

A data de 20 de junho é também o Dia Mundial do Refugiado. Enquanto o mundo conta mais de 8,5 milhões de casos confirmados de covid-19, não se sabe com precisão quantas pessoas que estão fora de sua terra contraíram a doença. A coordenadora da associação Cáritas, do Rio de Janeiro, Débora Marques, diz que a situação dos refugiados se agrava na pandemia pela falta de uma rede familiar e porque muitos viram a renda praticamente zerar nesta crise. Conheça exemplos de brasileiros que ajudam refugiados.

Projeto Pneuma, da UFG, entrega mais 18 ventiladores recuperados para UTIs de Goiás

A Escola de Engenharia Elétrica, Mecânica e de Computação (EMC) da Universidade Federal de Goiás entregou mais 18 equipamentos de ventilação mecânica aptos a serem utilizados pela Secretaria Estadual de Saúde para os doentes graves de covid-19. Ao todo, já são 27 aaparelhos que estavam em desuso e foram recuperados pelo Projeto Pneuma, com uma equipe de dez voluntários. Além da UFG, os recursos da empreitada provêm também da SES, do Instituto Federal de Goiás e do Senai, além de doação de insumos recebida de voluntários, do Ministério Público do Trabalho, indústrias e empresas parceiras.

Fortaleza já tem quase 15% de pessoas com anticorpos para coronavírus, revela pesquisa

Os primeiros resultados de uma pesquisa de campo em Fortaleza estimam que 379.047 pessoas na cidade já teriam anticorpos contra o novo coronavírus. O dado é preliminar e aponta para soroprevalência de 14,2% – a proporção da população imune, no momento. Mas em alguns setores esse índice passa de 20%. Na Barra do Ceará, por exemplo, chega aos 23,5%. Mas isso tem um custo alto em vidas: o bairro já tinha registrado 114 mortes por covid-19 até quarta-feira, 17/6, mais do que o total oficial de uma cidade como Goiânia.

Decreto em Goiânia reabre comércio e prevê multa de mais de 600 reais para quem não usar máscara

A Prefeitura de Goiânia publicou decreto que permite a reabertura de novos segmentos a partir de segunda-feira, 22/6. O documento proíbe terminantemente a presença de funcionários, consumidores e usuários que não estejam utilizando máscaras de proteção facial com cobertura adequada sobre o nariz e a boca. O não uso da peça em lugares públicos pode gerar multa no valor de R$ 627,38.

Em entrevista à BBC Brasil, (clique no título desta chamada para acessá-la), o filósofo Mario Sergio Cortella disse que o isolamento social não lhe causou impacto pessoal significativo, mas o trouxe “agonia muito” pelo número de pessoas em vulnerabilidade por estar em atividade essencial. Dizendo-se um “otimista crítico”, ele ressaltou que preocupa bastante o fosso da desigualdade social escancarado pela pandemia, mas acredita que prevalecerá a capacidade humana de reinventar modos de superação.

Brasil chega a 1 milhão de casos de coronavírus e vai ultrapassar 50 mil vítimas no fim de semana

A sexta-feira, 19/6, trouxe ao País o preocupante marco de 1 milhão de casos confirmados de covid-19. Como a subnotificação continua alta pela falta de testagem, essa quantidade pode ser até dez vezes maior, segundo os especialistas. Outro número, ainda mais triste e que certamente será deixado para trás neste fim de semana, é o de 50 mil óbitos pela doença (eram 49.090 no balanço de ontem). Por outro lado, o Brasil já tem mais de 500 mil pessoas que estavam internadas e se recuperaram.


O portal Estádio das Coisas apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa    #SeSairUseMáscara


COMENTÁRIOS




Estádio das Coisas
A arena para todos os debates