O planeta está prestes a ter a aprovação final da primeira imunização contra a covid-19 do mundo ocidental: o Reino Unido deve dar a concessão à vacina desenvolvida pela BioNTech e Pfizer em poucos dias.

A informação foi bancada em primeira mão pelo jornal Financial Times. As entregas das encomendas começariam poucas horas após ser dada a liberação, de acordo com funcionários do próprio governo britânico.

Melhor, já há até data para o início das primeiras injeções: as campanhas podem ocorrer a partir de 7 de dezembro.

O Reino Unido encomendou 40 milhões de doses do produto, que tem duas doses e cujos dados preliminares revelaram mais de 95% de eficácia na prevenção da doença.

(continua após a publicidade)

Em uma situação convencional, as vacinas teriam de seriam autorizadas pela Agência Europeia de Medicamentos até o final da transição para o Brexit, em 31 de dezembro. No entanto, a agência reguladora do Reino Unido tem o poder de autorizar temporariamente os produtos, em casos de necessidade pública urgente, como obviamente é o caso.

A BioNTech e a Pfizer no início deste mês haviam enviado os relatórios do estudo da fase 3 em grande escala, que envolveu mais de 43 mil pessoas, ao FDA, uma espécie de agência de vigilância sanitária dos Estados Unidos.

Uma aprovação emergencial dos EUA pode ocorrer entre 8 e 10 de dezembro, com os embarques em todo o país a partir de 24 horas após o anúncio, de acordo com relatos da mídia americana.

Para o Brasil, a Pfizer e a BioNTech anunciaram o envio à Anvisa dos dados de testes de sua vacina. A ideia é que, nesta etapa, a empresa acelere o trâmite para preparar a futura solicitação.

O governo brasileiro ainda não se pronunciou sobre a compra do produto da Pfizer/BioNTech, que precisa de armazenamento em baixíssimas temperaturas e apresentará um custo acima da média.

(continua após a publicidade)


O portal Estádio das Coisas apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#SePuderFiqueEmCasa  — #SeSairUseMáscara


COMENTÁRIOS




Estádio das Coisas
A arena para todos os debates