As cores dos títulos dão o tom da respectiva notícia: verde (boa notícia), amarelo (neutra ou de alerta) ou vermelho (preocupante)

Eficiência de uso de máscara e do distanciamento social é provada em experimento científico da UFMG

Um experimento de pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a partir de métodos usados em aulas práticas de microbiologia, demonstrou a eficácia do uso da máscara e do distanciamento social. Com voluntários e manequins em distâncias diferentes entre si – a meio metro e a dois metros (esta recomendada pela Organização Mundial de Saúde), os cientistas fizeram uma simulação onde foi possível observar a saliva se deslocando pelo ambiente e como a máscara conseguiu proteger pessoas em situações cotidianas.

Cientista de Oxford diz que vacina contra a covid-19 não deverá ser cara

A Universidade de Oxford é um dos centros de pesquisa com projeto de vacina mais adiantados para a covid-19. E é de lá que o professor Adrian Hill, afirma que o produto, assim que disponível, terá um preço que permita seu acesso ser o mais amplo possível. Sendo bem-sucedida, a vacina será produzida em larga escala para manter os custos baixos e o abastecimento. A Universidade trabalha em conjunto com a empresa AstraZeneca e já está na fase clínica de testagem em humanos.

Em pandemias, quarentenas podem beneficiar (ou prejudicar menos) a economia no longo prazo

Quando se escreve que a quarentena pode beneficiar a economia, a comparação não é a um cenário de normalidade. Fechar empresas e escolas dificulta a produção de riqueza. Por outro lado, o parâmetro ideal para avaliar esta questão é aquilo que a economia produziria caso a atividade econômica siga transcorrendo normalmente, com o vírus circulando por aí. Na pandemia da gripe espanhola, cidades que agiram mais cedo e com mais força tiveram desempenho econômico melhor.

Uma vida brasileira está sendo salva a cada quatro minutos com isolamento, estima estudo matemático

Um dos assuntos mais discutidos na pandemia, o isolamento social efetivamente salva vidas? Era foi a questão que os pesquisadores da USP Paulo José da Silva e Claudia Sagastizábal se impuseram responder ao iniciar um estudo matemático. O resultado em uma página (clique aqui para acessá-la) que pode ser consultada pela população. A simulação feita com modelo epidemiológico mostra quantas mortes ainda poderiam ser evitadas no Brasil por regiões.

Até o início da semana passada, 5,19% da população paulistana das localidades mais fechadas haviam desenvolvido anticorpos contra o coronavírus. A revelação veio de pesquisa de cientistas da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), com apoio do Instituto Semeia e participação de profissionais do Laboratório Fleury e Ibope Inteligência, que fizeram exames sorológicos em 520 pessoas com mais de 18 anos em seis distritos. Anticorpos se apresentaram em 27 delas.

Conheça a rara doença inflamatória que afeta crianças infectadas pelo novo coronavírus

Descrita há apenas duas semanas a síndrome de Kawasaki é uma rara doença inflamatória em crianças que vem sendo associada ao coronavírus e já foi observada em países como Reino Unido, França, Estados Unidos e Itália. Os casos conhecidos, no entanto, mostram que apenas uma pequena parcela tem tido sérias complicações — que podem levar ao internamento em UTIs. Até cem crianças no Reino Unido podem ter sido afetadas e estudos sugerem que o mesmo está sendo observado em outras partes da Europa.

Brasil se torna 4º país mais atingido por casos de covid-19 e curva da epidemia acelera

Neste sábado, 16/5, o País chegou a 15.633 vítimas e 233.142 contaminados pelo novo coronavírus, com 816 novos óbitos e 14.919 novos casos em 24 horas. O Estado de São Paulo já superou o total de mortes da China. Em número de casos, o Brasil ultrapassou Itália e Espanha e agora é o 4º no ranking mundial. De acordo com pesquisador da USP de Ribeirão Preto, curva da epidemia está acelerando em crescimento exponencial, no momento em que o governo Bolsonaro pressiona pela redução do isolamento.


O portal Estádio das Coisas apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa    #SeSairUseMáscara


COMENTÁRIOS




Estádio das Coisas
A arena para todos os debates