Não tem como ser diferente: com a esperada chegada – óbvia, como salientou várias vezes este Blog – ao G-4 da Série B na última rodada e com o lançamento do novo uniforme, o jogo desta terça-feira, às 20h30, tem tudo para ser uma grande festa.

são bento 1 450x300 - 7 motivos para ter certeza de que 1 a 0 contra o São Bento será uma goleada
Jogadores do São Bento comemoram acesso à Série B: a primeira vez na Segundona de pontos corridos | Divulgação

Seria bom, porém, ter isso combinado com os russos. Neste caso, eles atendem pelo nome de São Bento e vêm realizando uma campanha digna no retorno à Série B após 35 anos – antes a havia disputado em 1981 e 1983, quando a competição ainda era chamada de Taça de Prata e não dava direito a acesso.

E é bom conhecer um pouco mais como esse clube tem curtido esta Segundona inédita, de pontos corridos, e com o qual o Goiás empatou no primeiro turno (1 a 1). Vão aí algumas curiosidades que vão fazer você pensar diferente sobre o jogo de logo mais:

1) Vindo como o 3º colocado da Série C de 2017, o time de Sorocaba começou muito bem a competição. Foi o último a ser derrotado: depois de 11 jogos invicto, perdeu para o Londrina em casa, a primeira de uma sequência de quatro e que jogaria o time para bem perto da zona de rebaixamento;

2) Interessante notar: se o Goiás se reergueu a partir do início da Copa do Mundo, o adversário de hoje começou a cair quando ela começou;

3) Isso não significa nenhuma facilidade para a partida de logo mais. Pelo contrário: nos seis jogos que perdeu na competição, o São Bento sofreu dois gols em apenas uma partida;

4) Todas as quatro vezes em que foi derrotado fora de casa o placar foi um magérrimo 1 a 0;

5) O período ruim do São Bento desde o início da Copa se mede pelo retrospecto desde então: de 11 jogos, venceu apenas 2;

6) Isso não muda o fato de que a equipe paulista tem uma defesa altamente consistente, que faz o adversário suar muito para eventualmente balançar suas redes.

7) Depois de tudo isso, é bom lembrar. Estamos precisando de três pontos, não de espetáculo – o que é sempre muito bom, mas um luxo total no momento atual. Ganhar é o que importa.

A conclusão de tudo isso? Ora, se não dá para dizer que a partida do Verdão desta noite será a mais difícil entre as próximas, dá para afirmar que também não será nada fácil.

Que o torcedor leve muita paciência ao Estádio Olímpico e tenha em mente que 1 a 0 será goleada.

LINCOLNEANAS

 * * * * *  Quando as coisas vão bem fica até fácil repetir a escalação. Ney Franco vai entrar em campo com o mesmo time que bateu – com muita autoridade, diga-se – o Figueirense no Orlando Scarpelli. Entre os titulares, Alex Silva e Lucão estão pendurados com dois cartões amarelos. Tá lendo aí, artilheiro?

 * * * * *  Muita expectativa pela nova coleção de uniformes que a Topper entrega oficialmente hoje ao Maior do Centro-Oeste. Tudo o que eu quero é um verde mais “Goiás” (leia-se verde-escuro) e menos frufrus na camisa. Quanto mais simples melhor!

 * * * * *  Quem tem ido ao Olímpico deve estar vendo lá, do lado esquerdo oposto às cabines, uma grande faixa dos Esmeraldinos da UFG, um grupo bem animado e ativo que está sempre de olho aqui no Verde 33. Abraço verde a todos e obrigado por acompanharem aqui!

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Elder Dias
Jornalista, servidor federal, ambientalista e esmeraldino por natureza. Buscando sempre aliar paciência de Jó com perseverança de Cafu.