“As cores dos títulos dão o tom da respectiva notícia: verde (boa notícia), amarelo (neutra ou de alerta) ou vermelho (preocupante). Clique sobre o título para acessar o conteúdo na íntegra.

Cooperação entre hospitais foi grande avanço em 6 meses de pandemia, diz médico

Um paulistano de 61 anos que tinha voltado da Itália foi o primeiro registro de covid-19 no Brasil, em 26 de fevereiro. O médico Miguel Cendoroglo, diretor do Hospital Albert Einstein, fez um balanço do que houve de avanço na saúde desde então, em termos de estrutura e pessoal, durante esse tempo. “Se faltou atenção nas esferas governamentais, a adesão da população surpreendeu num primeiro momento e isso foi muito importante para que a situação não fosse mais grave”, disse. Clique no título para ver a entrevista (em vídeo)

Em entrevista, cantor Cauan se diz “arrependido” do que disse sobre a doença

O cantor sertanejo Cauan, da dupla com Cléber, deixou nesta quarta-feira, 26/8, a unidade hospitalar em que completou duas semanas de internação por conta do novo coronavírus. Em entrevista, ele se disse transformado por Deus e arrependido pelas “besteiras” que falou no passado, chegando a minimizar a doença e diz que atuará na conscientização das pessoas sobre ela e também fará trabalhos sociais. Seus pais continuam internados.

Mulheres têm melhor resposta imune ao coronavírus do que homens, conclui estudo

Uma pesquisa publicada nesta quarta-feira, 26/8, na revista científica Nature, uma das mais importantes do mundo, sugere que as mulheres têm uma resposta imune mais eficiente ao novo coronavírus (Sars-CoV-2) do que os homens. O estudo é liderado por pesquisadores de vários países, inclusive brasileiros, na Universidade de Yale. Os cientistas analisaram 98 pacientes (47 homens e 51 mulheres) e concluíram que as mulheres desenvolveram uma resposta mais eficiente das células T.

Brasil ultrapassa EUA em número de óbitos por 100 mil habitantes na pandemia

Desde a metade de junho, o Brasil tem ocupado o 2º lugar em número de mortes absolutas pela covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos. Hoje, porém, o país superou os estadunidenses em outro recorte estatístico: o número de mortes causadas pelo novo coronavírus por 100 mil habitantes. De acordo com os números da Johns Hopkins University, o Brasil apresenta 55,05 mortes e os Estados Unidos, 54,18 nesse índice. O País é o 10º no ranking geral, liderado pela pequena República de San Marino (124,32), no norte da Itália, uma das regiões mais atingidas pela pandemia no mundo.


O portal Estádio das Coisas apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa  — #SeSairUseMáscara


COMENTÁRIOS




Estádio das Coisas
A arena para todos os debates