* As cores dos títulos dão o tom da respectiva  notícia: vermelha (preocupante), laranja (neutra ou de alerta) ou verde (boa notícia). 

Dados do Facebook podem ajudar governos e cientistas em processo seguro para reabrir atividades

Em artigo, Mark Zuckerberg, dono do Facebook, diz que a plataforma – que tem bilhões de pessoas em sua base – está em posição única para ajudar pesquisadores e autoridades de saúde. Para ele, em um momento em que governos planejam reabrir suas atividades, é fundamental ter uma compreensão clara e obter dados precisos para saber como a doença está se espalhando, algo com que a rede social pode colaborar de forma bastante prática e dinâmica.

Complicação da covid-19 causa amputação de perna de ator nos Estados Unidos

O ator Nick Cordero, de 41 anos, conhecido por atuar espetáculos da Broadway e na TV norte-americana, teve problemas de coagulação por complicações da doença causada pelo novo coronavírus. Sua mulher, a dançarina Amanda Kloot, disse nas redes sociais que, enquanto estava hospitalizado, o canadense começou a ter problemas na circulação sanguínea da perna direita e não recebia sangue nas pontas dos pés.

Donald Trump decide suspender imigração para proteger empregos em meio à crise econômica

Em uma tentativa de salvaguardar empregos dos cidadãos do próprio país, o presidente anunciou que vai assinar uma ordem executiva para “suspender temporariamente” a imigração para os EUA. Desde o início da pandemia, mais de 22 milhões de estadunidenses pediram o seguro-desemprego. Advogados do setor dizem que Trump está aproveitando o momento para tornar sua política de imigração ainda mais restritiva.

Isolamento ‘vertical’ elevaria risco a 25% dos adultos brasileiros, diz estudo em capitais

Adotar medida de distanciamento social que isolasse, além dos idosos, as pessoas com alguma comorbidade – o chamado “isolamento vertical”, como quer o presidente Jair Bolsonaro – significaria manter ao menos um quarto da população adulta brasileira em casa para evitar risco de quadro grave para covid-19. É que um em cada quatro brasileiros acima de 18 anos tem hipertensão e quase 20% apresenta obesidade. Pesquisa por inquérito telefônico ocorreu nas 27 capitais.

Reino Unido consegue registrar menor número de mortes por coronavírus em duas semanas

O total de perdas ainda é muito alto para apenas um dia, mas as 449 mortes por covid-19 nesta segunda-feira, 20/4, representam o número mais baixo de óbitos desde 6 de abril. O total das pessoas que morreram em hospitais britânicos desde o início da crise na saúde. O pais, que não realiza testes sistemáticos e reserva os poucos disponíveis para os pacientes mais graves, registrou até o momento 124.743 casos confirmados.

Pela primeira vez, Itália vê redução do número de casos ativos da doença

Em meio a muita dor por várias semanas, os italianos tiveram uma marca importante para comemorar nesta segunda-feira, 20/4: pela primeira vez desde 21 de fevereiro, o número de casos ativos de Covid-19 caiu. Foram 20 pessoas doentes a menos do que no domingo, o que significa que o número de casos vem baixando de modo mais acentuado e a curva de infecção se encontra de fato estabilizada.

Com mais de 10% da população testada e preparação precoce, Islândia tem apenas 8 mortes

A Islândia é uma ilha com 360 mil pessoas. Um país com basicamente a mesma população de Macapá, a capital do Amapá, e que já testou mais de 10% de sua população para conter a covid-19. Com esses testes em massa, que começaram ainda em janeiro, mais a estratégia de isolamento social, os islandeses têm o espantoso número de 110 mil exames por milhão de habitantes, que detectaram que 0,8% dos islandeses têm o vírus. Apenas 8 pessoas morreram pela doença.


COMENTÁRIOS




Estádio das Coisas
A arena para todos os debates